fundo parallax

Homilia

“O Povo do Rio”
27 de novembro de 2019
Bendita Desilusão!
29 de novembro de 2019
Na missa em Aparecida, na parte da homilia, o Papa disse de três posturas importantes, sobre as quais vou fazer minha leitura.
A primeira diz respeito à:
CONSERVAR A ESPERANÇA
Que eu creio seja Ficar no Bem.
Não uma Esperança de esperar, mas uma esperança de atuar, participar, agir.
Perceber dificuldades como treinos.
Ver a vida como uma academia onde os "pesinhos" servem para estruturar nossa musculatura, desenvolver nossa força para a sustentação de nosso aprendizado. O suor da "esteira" nos auxilia a que percamos os excessos de fraqueza, desconfiança, ambição, medos, raivas, mágoas e tudo enfim que nos "engorda".

DEIXAR-SE SURPREENDER POR DEUS
Há uma diferença abissal entre estar Preparado (Pré-Parado), e estar Pronto. E deixar-se surpreender por Deus, nessa minha leitura, é desenvolver prontidão: estar pronto para a Vida.
Aceitar desafios, treinos, obstáculos e acordar nossos potenciais adormecidos pela inércia do conforto.
Perceber que todo e qualquer obstáculo só obstaculariza os obstaculáveis.
Desenvolver prontidão frente a Vida é aceitá-la com toda sua grandeza, e deixar-se surpreender pelo encanto dos momentos, sem a precisão da técnica, tal qual nos aconselhou o poeta:
"Navegar é preciso, viver não é preciso, não requer precisão, preparos, técnicas."
Ficar pré-parado é querer controlar a vida e todas as variáveis. É querer que Deus nos sirva, enquanto que desenvolver prontidão é mexer em si. É fortalecer-se.

VIVER A ALEGRIA
É ter Deus dentro - IN THEO - de onde a palavra entusiasmo se deriva.
Tendo Deus dentro, teremos Fé, Coragem e Alegria de viver uma vida plena, pela qual somos responsáveis.

Sábias palavras de uma Papa simples,alegre, cheio de prontidão e fé.